Inflamação no Olho – Remédios e Colírios Caseiros

A inflamação nos olhos pode ser causada por infecção, traumas, lesões, alergias e outras doenças. O olho inflamado precisa de tratamento com remédios de farmácia ou mesmo remédios caseiros, que incluem:

  • Uso de colírios (lubrificantes, antialérgicos, corticoides ou antibióticos), como LacrilColírio Moura Brasil, Zaditen, Pred Fort e Tobramicina;
  • Pomadas antibióticas, como Terramicina e Tobramicina;
  • Colírio caseiro e compressas quentes ou frias.

Os sintomas mais comuns da inflamação nos olhos são inchaço, vermelhidão, irritação, coceira, dor, lacrimejamento e secreção.

Como Tratar a Inflamação nos Olhos




Quando a inflamação nos olhos é leve e superficial, causada por alergias, corpos estranhos (ciscos), secura ou uso prolongado de lentes de contato, ela é chamada de conjuntivite alérgica e você pode tratar os sintomas com:

  • Soro fisiológico para lavar os olhos;
  • Compressas de água fria;
  • Colírios lubrificantes (lágrimas artificiais), como Lacril, e antialérgicos, como Cromolerg.

Se a inflamação é causada por infecção, pomadas e colírios antibióticos devem ser prescritos pelo médico.

Remédios de Farmácia para Inflamação nos Olhos

Colírios Lubrificantes

Os colírios lubrificantes são de venda livre e podem ser utilizados para aliviar a secura nos olhos e combater a irritação local causada pela inflamação:

  • Lacribell Colírio – R$ 11 a R$ 34;
  • Lacril – R$ 13 a R$ 38;
  • Ecofilm Colírio – R$ 13 a R$ 50;
  • Refresh – R$ 29 a R$ 50.

Pomadas para Inflamação e Infecção no Olho:

  • Tobramicina;
  • Terramicina;
  • Gentamicina;
  • Tetraciclina.
  • Cloranfenicol.

As pomadas para infecção no olho são utilizadas de 4 a 6 vezes ao dia e ao se deitar, no interior da pálpebra inferior.

Todas elas são pomadas antibacterianas, utilizadas para tratar a infecção no olho causada por bactérias, como no caso da conjuntivite bacteriana. O sintoma mais característico desse tipo de infecção é a produção de uma secreção amarela no local.

É expressamente proibido utilizar qualquer remédio antibiótico nos olhos por conta própria, pois há risco de cegueira se o colírio for utilizado incorretamente.

Colírios para Infecção e Inflamação nos Olhos




Se a inflamação no olho é causada por infecção bacteriana os colírios antibióticos mais indicados são:

  • Dexafenicol – R$ 8;
  • Flumex – R$ 15;
  • Tobramicina – R$ 9 a R$ 29 e Tobrex – R$ 21 a R$ 30;
  • Maxitrol – R$ 13 a R$ 23;
  • Polipred – R$ 28;
  • Vixmicina.

Os colírios antibióticos só podem ser comprados com receita médica e utilizados se forem prescritos pelo médico.

Colírios Antialérgicos

Quando a inflamação nos olhos é causada por alergias, os colírios indicados são:

Leia a bula antes de utilizar qualquer colírio. Não administre qualquer remédio por conta própria.

Remédios Caseiros para Inflamação nos Olhos

As conjuntivites alérgicas que causam inflamação nos olhos são bastante comuns e podem ser tratadas apenas com lavagens com soro fisiológico, colírio e compressas caseiras.

  • Colírio Caseiro

Ingredientes:

  • 1 copo de água destilada;
  • 1 colher de sal ou 2 colheres de chá verde.

Como preparar:

  • Coloque para ferver a água com o sal ou o chá verde;
  • Se o ingrediente escolhido foi o chá verde, coe a mistura em um coador de café pelo menos 3 vezes após a fervura;
  • Guarde o colírio em um recipiente adequado, previamente fervido e com tampa;
  • Espere esfriar e use durante o dia.

OBS.: Não guarde o colírio caseiro para usar no dia seguinte.

  • Compressas Mornas de Camomila ou Eufrásia

Faça uma infusão com a erva escolhida, espere amornar e aplique nos olhos com a ajuda de um algodão.

  • Compressas Mornas de Água com Açúcar

Ferva um pouco de água com açúcar, espere amornar e aplique nos olhos com algodão ou gaze esterilizada, deixando agir por alguns minutos.

Causas e Tipos de Inflamação nos Olhos

São inúmeras as condições que podem deixar os olhos inflamados. Algumas delas são:

  • Alergias e Irritações

Quando algum corpo estranho (areia, por exemplo) ou produtos irritantes entram em contato com os olhos, como os produtos de limpeza e de higiene, o sistema de defesa do organismo pode reagir de uma maneira exagerada liberando uma quantidade maior de substâncias de defesa do que deveria, como a histamina que, em excesso, dilata os vasos sanguíneos, causando vermelhidão e inchaço no local.

  • Uso de lentes de contato

A inflamação pode surgir quando as lentes de contatos são manuseadas sem o indivíduo lavar as mãos ou quando são guardadas em um estojo sujo sem uma solução própria.

Também pode surgir quando alguém usa lentes vencidas, nada e dorme com elas. Os sintomas são vermelhidão, dor e inchaço nas pálpebras e na parte branca do olho.

Colírio para lubrificação de lentes de contato: HYLO-GEL.

  • Conjuntivite

A conjuntivite é uma inflamação na conjuntiva (tecido interno em volta do olho) que pode ser causada por vírus, bactérias, fungos ou alergias, e causam inchaço, dor, vermelhidão, olhos lacrimejantes e coceira no local.

Colírios para conjuntivite viral: Dunason; Colírio Moura Brasil; Cellufresh; Refresh; Lacril; Ecofilm Colírio; Lacribell colírio.

Colírios para conjuntivite bacteriana: Cloranfenicol; Dexafenicol; Biamotil Oculum; Flumex; Maxitrol; Polipred; Vixmicina.

  • Terçol

O terçol se apresenta como pequenas bolhas e inchaço nas pálpebras inferiores ou superiores. É causado por uma infecção bacteriana seguida de inflamação que bloqueia algumas glândulas do local e causam o inchaço.

Como tratar: aplique compressas de água quente ao longo do dia pressionando suavemente o local até o terçol desaparecer.

  • Síndrome do Olho Seco

A síndrome do olho seco atinge pessoas que costumam passar muitas horas do dia em frente à televisão, computador, tablets ou celulares, e causar vermelhidão e irritação nos olhos.

Como tratar: pisque mais vezes durante o dia e pingue lágrimas artificiais ou outros colírios lubrificantes nos olhos conforme sentir necessidade.

  • Acúmulo de Líquido

Alguns fluidos (líquidos) podem se acumular nos tecidos (conjuntivas) em volta dos olhos, causando inchaço nas pálpebras com possível ocorrência de dor.

Como tratar: aplique compressas de água gelada ao redor dos olhos para diminuir o inchaço.

  • Blefarite

É uma inflamação crônica – não tem cura mas pode ser prevenida e tratada – que acontece quando há uma produção exagerada de uma camada de gordura nos olhos. Neste caso as pálpebras ficam inchadas e doloridas, podendo haver caspas, perda dos cílios e modificação da pele da pálpebra.

Como tratar: pingar lágrimas artificiais nos olhos, manter uma boa higiene no local e, em casos mais graves, usar pomadas indicadas pelo médico.

  • Uveíte

A uveíte é a inflamação da úvea, a parte da frente do olho que “segura” a íris. Os sintomas são olhos vermelhos, sensibilidade à luz e dor intensa no local.

Como tratar: usar colírios à base de idriatina, colírios ou medicamentos orais corticosteroides prescritos pelo médico.

  • Ceratite

A ceratite causa dor, vermelhidão, irritação, sensação de corpo estranho no olho e sensibilidade à luz. Surge quando algum agente, um fungo, por exemplo, infecta o olho e forma uma camada de pele sobre a pupila, que pode causar, inclusive, a perda da visão.

Como tratar: o médico poderá prescrever pomadas antibacterianas, colírios antivirais ou antifúngicos, dependendo do tipo da infecção.

  • Problemas de Saúde mais Graves

A inflamação nos olhos também pode ser causada por:

  • Glaucoma – doença ocular silenciosa que afeta em sua maioria pessoas com mais de 50 anos e pode resultar em perda da visão;
  • Celulite orbitária – infecção bacteriana rara ao redor dos olhos, de caráter grave. Causa inchaço na pálpebra, dor, podendo atingir também a bochecha e sobrancelha, olhos esbugalhados, febre, diminuição da visão e dor ao mover os olhos. A doença é considerada uma emergência e precisa ser tratada o quanto antes para não gerar perda da visão.
  • Doença de Graves – inflamação dos olhos causada por quem já tem hipertireoidismo. Seus sintomas são pálpebras inchadas, olhos esbugalhados, diplopia (visão dupla) e ptose (pálpebras caídas);
  • Herpes ocular – o vírus do herpes comum pode atingir os olhos e causar sintomas parecidos com os da conjuntivite, mas com mais gravidade. A doença pode resultar em perda da visão.

Como Prevenir a Inflamação nos Olhos

  • Não esfregue os olhos;
  • Não abra os olhos dentro do mar ou piscina;
  • Não lave os olhos com água da torneira – ela pode conter impurezas e até mesmo agentes infecciosos como bactérias que podem infeccionar e inflamar o local;
  • Não fique com lentes de contato por mais de 6 horas, lave sempre as mãos antes de manuseá-las, nunca durma com elas e armazene-as em um estojo limpo com uma solução específica;
  • Evite ficar muito tempo em frente ao celular, tablet ou computador;
  • Coloque o sono em dia: dormir pouco pode fazer com que seus olhos fiquem secos;
  • Evite o uso de maquiagens, cremes e loções que possam causar alergia nos olhos.