» » Alimentos Remosos – Lista de Alimentos Inflamatórios

Alimentos Remosos – Lista de Alimentos Inflamatórios

Os alimentos reimosos ou comidas remosas, como são conhecidos popularmente, podem piorar a inflamação devido à alta quantidade de proteína e gordura animal em sua composição. Salsicha, camarão, carne de porco, carne de carneiro, pimenta, enlatados, embutidos, carne de pato e de peru são alguns deles.

A lista de alimentos reimosos inclui itens que não só pioram a inflamação já existente, mas também podem causar inflamação e doenças crônicas no organismo e até mesmo câncer.

Lista de alimentos reimosos – Alimentos inflamatórios

Alguns alimentos possuem um grande risco de causar alergias, dificultar a cicatrização e piorar a inflamação, como o camarão, carne de porco, alimentos industrializados, soja e pimenta. A lista inclui ainda:

  • Embutidos: calabresa, salsicha, salame, linguiça e mortadela;
  • Carne de pato, carne de carneiro e carne de peru;
  • Carne enlatada;
  • Cavala (peixe), mariscos e caranguejo;
  • Feijoada e dobradinha;
  • Maionese;
  • Abacate;
  • Refrigerante.

Esses alimentos pioram a inflamação porque são ricos em gordura, sódio (sal) e/ou açúcar, basicamente. O sal em excesso causa inchaço, que dificulta a cicatrização. O camarão e o caranguejo, em especial, possuem quitosana, uma molécula que causa, justamente, a inflamação da pele e alergias.

A soja possui isoflavonas que também estimulam a inflamação da pele. O abacate pode favorecer a formação de queloides – cicatrizes altas, então nada de ingerir a fruta após fazer uma tatuagem ou um piercing, por exemplo!

Ovo é remoso?

O ovo não é reimoso, não causa e nem piora a inflamação, ao contrário: é um alimento anti-inflamatório por conter gorduras benéficas (poli-insaturadas) e proteínas de origem animal, ômega 3 e 6 e carotenoides anti-inflamatórios: zeaxantina e luteína.

Açaí é remoso?

O açaí não é reimoso naturalmente, pois é rico em gorduras boas que fazem bem ao organismo, mas se no preparo de sua polpa houver adição de açúcares, o alimento pode se tornar inflamatório.

Alimentos inflamatórios

Outros alimentos inflamatórios são o açúcar refinado, gorduras trans e hidrogenadas, óleos vegetais, sal iodado, adoçantes artificiais, corantes, conservantes, glúten e álcool. Basicamente, todos os alimentos que levam em sua composição ou preparação alguma dessas substâncias são alimentos que, se consumidos em excesso, podem causar inflamação crônica no organismo, como:

  1. Fast food’s;
  2. Carne vermelha e carne de porco;
  3. Margarina;
  4. Bolos e bolachas feitos com gordura hidrogenada;
  5. Frituras;
  6. Leite e derivados, como sorvete, queijo e manteiga;
  7. Alimentos que contém glúten;
  8. Alimentos derivados do trigo.

Os alimentos que podem causar inflamação no intestino com mais facilidade são:

  • Leite e derivados: queijo, iogurte e sorvete;
  • Alimentos ricos em gordura: margarina, molhos, cream cheese, creme de leite e frituras;
  • Alimentos que contém glúten;
  • Adoçantes químicos: sorbitol, manitol, xilitol ou maltitol;
  • Frutose: presente em frutas como maçã, peras, amoras, ameixas e damascos, no mel e xarope de milho;
  • Bebidas com gás.

Em relação aos alimentos que podem causar inflamação nas articulações com mais facilidade, todos os que estão presentes na lista de alimentos anti-inflamatórios podem desencadear o quadro.

É preciso evitar a todo custo a ingestão desses alimentos para que doenças como gota e artrite reumatoide não se desenvolvam ao longo do tempo, principalmente em quem já é predisposto ao desenvolvimento de doenças reumáticas:

  • Carne enlatada e carne vermelha;
  • Açúcar refinado e artificial;
  • Leite e derivados;
  • Óleo de milho;
  • Farinha e grãos refinados ricos em açúcar que estimula a inflamação;
  • Whey Protein, pela grande quantidade de glúten e caseína que estimula a produção de ácido úrico no organismo e, consequentemente, o seu acúmulo e o surgimento da gota;
  • Sal iodado – dê preferência ao sal marinho.

Atualizado em: 18/08/2018 na categoria: Remédio para Inflamações