» » » Pomada para Piercing Inflamado

Pomada para Piercing Inflamado

O piercing inflamado é tratado com pomadas antibióticas e anti-inflamatórias, como Diprogenta e Quadriderm. Um piercing inflamado no septo, boca, tragus e outros locais pode formar queloides e apresenta vermelhidão, inchaço e secreções.

O tratamento também pode ser feito com anti-inflamatórios caseiros, como as compressas de água e sal.

Manter a área do piercing limpa e seca é o passo principal para evitar inflamações graves e infecções e também para ajudar a curar a inflamação mais rapidamente.

Pomadas para Piercing Inflamado, Infeccionado e com Queloide

As pomadas mais recomendadas para prevenir e tratar a inflamação e infecção do piercing são:

  • Trok – G – antibacteriana e corticoide com ação anti-inflamatória;
  • Diprogenta – também é antibacteriana e corticoide. Ela evita queloides e inflamações e acelera o processo de cicatrização do piercing;
  • Sulfato de polimixina b (Polysporin) ou bacitracina – combate a infecção bacteriana;
  • Quadriderm – é corticoide e tem ação antibacteriana, anti-inflamatória e antifúngica. Indicada especialmente para eliminar os queloides (bolinhas que se formam no piercing).

As pomadas são aplicadas, geralmente, 2 vezes ao dia – pela manhã e à noite, com a ajuda de uma haste flexível ou gaze esterilizada, com o local devidamente limpo e seco.

Se a inflamação persistir por mais de 5 dias e os sintomas ficarem piores, com surgimento de febre, pus em excesso e calafrios, isso é um sinal de infecção.

Antibióticos em comprimidos também podem ser receitados pelo médico a depender da gravidade da infecção, como a Cefalexina e Amoxicilina.

Anti-inflamatórios para Piercing Inflamado

Alguns anti-inflamatórios que podem ser utilizados para prevenir e tratar a inflamação do piercing são:

Você pode começar a tomar o anti-inflamatório assim que colocar o piercing ou assim que o menor sinal de inflamação surgir.

A primeira coisa que você deve saber ao colocar um piercing é que a inflamação é comum e ocorre na maioria das pessoas após a perfuração do local, mas costuma desaparecer depois de 3 a 5 dias, em média, com o tratamento adequado.

Anti-inflamatórios Naturais

  • Compressa de água morna com sal para piercing inflamado

A compressa de água morna com sal é um ótimo anti-inflamatório natural e melhora a circulação local, diminuindo o inchaço e a vermelhidão, além de ajudar a drenar a secreção.

Como fazer:

  1. Misture 250 ml de água morna (previamente fervida) a uma colher de sal;
  2. Aplique a compressa 2 ou 3 vezes ao dia.
  • Compressa de água quente

Compressas apenas de água quente aplicadas a cada 20 minutos também ajudam a aliviar os sintomas da infecção e inflamação no piercing.

  • Alimentos anti-inflamatórios

Alimentos que são anti-inflamatórios naturais podem ser consumidos na prevenção e no tratamento do piercing inflamado. São eles:

  • Alho e cúrcuma (açafrão), gengibre e cebola;
  • Abacate, frutas cítricas (acerola, laranja, goiaba e abacaxi), frutas vermelhas e oleaginosas, como nozes, avelã e castanhas;
  • Alimentos ricos em ômega 3, como atum, sardinha, sementes de linhaça e chia;
  • Óleo de coco e azeite.

Passo-a-passo Para Prevenir e Tratar a Inflamação do Piercing

1. Lave o local 2 vezes ao dia com água e sabão líquido neutro, antisséptico ou antibacteriano, soro fisiológico ou uma solução caseira feita com 250 ml de água fervida e 1 colher de chá de sal ou álcool 70, secando bem com toalhas sempre limpas ou gazes esterilizadas;

2. Tome anti-inflamatórios logo após colocar o piercing ou assim que sentir que ele está começando a inflamar e passe pomadas como Quadriderm e Diprogenta para evitar ou tratar a inflamação e infecção por bactérias;

3. Não pressione o local utilizando roupas apertadas, não coma frituras, alimentos embutidos, doces e refrigerantes, pois eles dificultam a cicatrização e prefira sempre piercings de ouro ou prata.

O que NÃO Fazer para Não Agravar a Inflamação:

  • Remover o piercing, pois assim a cicatrização pode acontecer com a infecção em curso e dificultar o tratamento;
  • Manusear o piercing a todo momento com as mãos sujas;
  • Utilizar receitas caseiras com babosa, mel ou outros ingredientes que possam se acumular na região do piercing e dificultar o processo de cicatrização, além de aumentar a chance de infecção bacteriana;
  • Usar álcool (com exceção do álcool 70), água oxigenada ou iodo por conta própria, fora do ambiente hospitalar.

Pode te interessar:

Piercing no Smile Inflamado

Atualizado em: 04/09/2018 na categoria: Antiinflamatorios, Piercing Inflamado